X

Marta critica reajuste do salário mínimo sem ganho real pelo 4º ano: “Quem se aliou a Bolsonaro mostrou para que serviu”

Última atualização: 17 de abril de 2022

A vereadora Marta Rodrigues lembra que Brasil saiu de 5ª maior economia para ocupar o 12º lugar, além de ter voltado ao Mapa da Fome no mundo

A vereadora Marta Rodrigues (PT), pré-candidata a deputada federal pelo PT, disse que o reajuste do salário mínimo de Bolsonaro para 2023, prevista na LOA enviada ao Congresso Nacional, é mais um exemplo da política econômica fracassada de seu governo e lembrou que o aumento real do salário mínimo – acima da inflação – durante os governos petistas de Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff, de abril de 2003 a janeiro e 2016, foi de 59,21%.

“Pelo quarto ano consecutivo, a previsão de Bolsonaro é de um salário mínimo sem ganho real, enquanto o país vive um caos sem precedentes na política econômica e social brasileira. Estamos sob condição de fome, pobreza e miséria”, diz

Para a petista, quem está ao lado de Bolsonaro nitidamente não está preocupado em fazer o Brasil voltar a crescer. “Saímos da 5ª economia do mundo para 12º, estávamos fora do Mapa da Fome, construindo um país para todos, com democracia, equidadade, respeito”, pontou.

Segundo Marta, o que está em jogo são dois projetos para a Bahia para o Brasil. “Um para esquecer o povo, outro para cuidar. Estamos no lado dos que cuidam,. Precisamos retomar o país, por um governo justo igualitário, participativo e feito para cuidar das pessoas”.

LOA – A Lei Orçamentaria Anual enviada ao Congresso o governo prevê que o salário vá subir para R$ 1,294 e 2023, numa elevação de apenas 6,7% em relação a 2022.

Icones para bombou na rede

BOMBOU
NAS REDES

Confira memes e outros conteúdos que estão quebrando a internet

Icones para kit digital

KIT DIGITAL
PT BAHIA

Quer mostrar seu apoio ao PT Bahia nas ruas e nas redes?

Estrela do PT
Faça parte do partido que é

orgulho para a Bahia
e exemplo para o Brasil

Filie-se ao PT