X

Justiça do Paraná reconhece parcialidade e racismo no processo de cassação do vereador Renato Freitas (PT/PR) e suspende votação

Última atualização: 19 de maio de 2022

A Secretaria de Combate ao Racismo do PT Bahia comemorou a decisão do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), expedida nesta quinta-feira (19), pedindo a imediata suspenção da sessão de votação do processo de cassação do vereador Renato Freitas (PT). A Justiça reconheceu a parcialidade do membros do Conselho de Ética da Câmara e do relator do processo, o vereador Sidnei Toaldo (Patriota), que também é o dono do e-mail enviado a Freitas com ofensas racistas.

De acordo a decisão judicial, assinada pela juíza da 5ª Vara da Fazenda Pública, Patrícia de Almeida Gomes Bergonse, o “referido e-mail apontaria parcialidade e interesse do relator, além de conter injúrias raciais, circunstâncias que se vieram a ser apuradas verdadeiras, poderão levar ao afastamento do relator e nulidade procedimental. Isso porque, a Comissão Parlamentar Processante que tem por objetivo o julgamento de um de seus pares, deve ser órgão imparcial”.

Dessa forma, a votação fica suspensa pelo prazo da sindicância aberta pela Corregedoria da Câmara para apurar a autoria e veracidade do e-mail recebido por Renato Freitas no dia anterior à votação do Conselho de Ética, que aprovou o relatório que pede a cassação do mandato.

“É uma vitória contra as estruturas racistas da política brasileira. Essa decisão reconhece a perseguição racial contra Freitas e o pano de fundo nesse processo tendencioso de cassação, que só objetiva calar um mandato negro, que luta por igualdade racial e contra o racismo. Parabéns à defesa de Freitas e o povo negro unido!”, declara o secretário de Combate ao Racismo do PT Bahia, Ademário Costa.

Icones para bombou na rede

BOMBOU
NAS REDES

Confira memes e outros conteúdos que estão quebrando a internet

Icones para kit digital

KIT DIGITAL
PT BAHIA

Quer mostrar seu apoio ao PT Bahia nas ruas e nas redes?

Estrela do PT
Faça parte do partido que é

orgulho para a Bahia
e exemplo para o Brasil

Filie-se ao PT